Será que é câncer de pele? Como reconhecer a doença | Hospital Proncor

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o Brasil registra cerca de 180 mil novos casos de câncer de pele a cada ano. Ainda que apenas 3% desses diagnósticos sejam do tipo mais agressivo da doença, isso representa aproximadamente 1.500 mortes no período. Por isso, o câncer de pele precisa ser prevenido e, como todo câncer, diagnosticado de forma precoce para que tenha mais chances de cura.



Como surge o câncer de pele

Os especialistas da SBD explicam que, apesar de funcionar como uma barreira protetora, a pele pode ser penetrada por agentes externos. Alguns deles, como pomadas, cremes hidratantes e protetor solar podem fazer isso com boas intenções. Outros agentes não são tão bonzinhos. É o caso da poluição e da radiação ultravioleta, por exemplo.


A radiação ultravioleta emitida pelo sol provoca desde envelhecimento precoce e manchas até mutações no DNA das células de pele. Essas mutações podem causar um crescimento anormal e descontrolado dessas células, criando um tumor. Esse tumor pode ou não ser maligno. Quem vai dizer isso é o médico, com base em sinais clínicos e exames específicos.


De acordo com a SBD, apenas cerca de 5% dos casos de câncer de pele têm a h