De AVC a crise epilética:os quadros neurológicos associados ao coronavírus | Hospital Proncor

Desde o aparecimento dos primeiros casos de covid-19 na China, os principais sintomas relatados são febre, cansaço, tosse seca, febre alta, além de pneumonia e dificuldade para respirar. Porém, com a propagação do vírus pelo mundo, muitas outras manifestações foram relatadas e documentadas nos últimos meses, principalmente sintomas neurológicos, como a perda de olfato e paladar.


Um possível mecanismo de acesso ao sistema nervoso central pelo Sars-Cov-2 é via bulbo olfatório, primeiro nervo craniano responsável por receber informações dos neurônios receptores olfativos. Pode ser esse um alvo de infecção do coronavírus.


A elevada prevalência de sintomas neurológicos em pacientes acometidos pelo coronavírus na China levou pesquisadores da USP e da Universidade da Região de Joinville (Univille) a fazerem uma revisão não sistemática de alguns artigos publicados recentemente em revistas científicas.


As complicações observadas atingem o sistema nervoso central (encéfalo e medula espinhal) e o sistema nervoso periférico (gânglios e nervos). A anosmia - perda da percepção de cheiro - e a disgeusia - diminuição do paladar - foram frequentemente relatadas por pessoas com a covid-19.


Os pesquisadores analisaram 218 pacientes hospitalizados e diagno