Como controlar as crises de rinite alérgica? | Hospital Proncor

A rinite alérgica é uma inflamação caracterizada por afetar as mucosas do nariz e da garganta. Basicamente, ela funciona como uma reação a partículas consideradas estranhas pelo organismo como poeira, pólen e outros agentes alérgenos (causadores de alergia).


A doença pode surgir ainda criança ou já em idade adulta. Geralmente, o paciente com rinite alérgica apresenta pais com o mesmo problema, sendo a hereditariedade o principal fator de risco para o surgimento da doença.


Apesar de não ter cura, a rinite alérgica pode ser controlada e, assim, diminuir de intensidade a longo prazo. Hoje, existem métodos de tratamento, incluindo medicamentos e imunoterapias, que amenizam as crises de alergia aumentando a qualidade de vida do paciente.


Leia mais: Tosse seca persistente: conheça 6 motivos possíveis


Quais são os demais fatores de risco da rinite alérgica?

Além do componente genético, os demais fatores de risco para as crises de rinite alérgica incluem o contato com agentes alérgenos, o não tratamento adequado com um especialista e o histórico de doenças alérgicas como asma, dermatite e conjuntivite.

Veja abaixo os principais agentes causadores de alergia:

  • Ácaros;

  • Pólen;