Como identificar a desidratação | Hospital Proncor

O fato de excretarmos partículas de água diariamente é muito comum, seja na urina, no suor, nas fezes ou em forma de vapor.


Contudo, existem casos em que a perda de água ultrapassa a normalidade e pode desencadear um processo de desidratação. Além de gerar sintomas desagradáveis, se não for corretamente tratada, ela pode evoluir para um quadro clínico mais grave e até levar à morte.


O que é desidratação?

Desidratação é o quadro clínico caracterizado pelo estado em que o organismo passa por falta de água e fluidos minerais, componentes necessários para organizar as reações químicas e o funcionamento adequado das funções corporais.


Essa condição é bastante comum em crianças e idosos, pois têm o sistema imunológico pouco fortalecido, e ocorre, principalmente, em algumas épocas do ano como, o verão. Também pode ser causada devida à manutenção de hábitos de vida não saudáveis, infecções por vírus ou bactérias e a negligência quanto ao consumo de água.


Quais são os tipos de desidratação?

A desidratação é dividida em várias modalidades:


Isotônica

A desidratação é causada pela perda de sangue e, como consequência lógica, também há a redução de água e sais minerais no corpo. Pode surgir após episódios de diarreia.


Hipertônica

É uma desidratação secundária que gera perda de água e um ganho na quantidade de sódio no sangue. Está associada a outras doenças como, diabetes ou acidentes que geraram queimaduras de grandes proporções.


Hipotônica

O uso excessivo de alimentos ou remédios com efeitos diuréticos gera a perda do sal, que é eliminado devido às atividades dos rins, e a consequente redução do nível de sódio no sangue. Costuma acontecer também com quem tem alguma deficiência no aparelho renal.


Quais os sintomas de desidratação?

Listamos a seguir os 7 sintomas comuns da desidratação e selecionamos algumas formas para tratar a questão. Confira!


1. Sede constante

Esse é o primeiro sinal da desidratação. Portanto, se você sentir uma sede fora do normal, pode ser um forte indício do problema. Para evitar esse problema, procure beber ao menos dois litros de água por dia.


2. Fadiga

A desidratação costuma desacelerar a ação enzimática, e a consequência disso é um cansaço extremo que pode afetar o indivíduo — que se sente mal para realizar qualquer atividade, até mesmo as mais simples.


3. Constipação

Quando a pessoa consome pouca água no dia a dia, o intestino entra em um processo de retirada de obtenção dela por meio dos alimentos. Como resultado, as fezes ficam ressecadas e o indivíduo pode sofrer de prisão de ventre, e, portanto, ter dificuldade para ir ao banheiro.


4. Mau hálito

Sem hidratação suficiente no organismo, não é produzida a quantidade ideal de saliva para evitar a proliferação de bactérias na boca. Dessa maneira, a desidratação acaba provocando mau hálito na pessoa. Portanto, se você apresentar o problema, fique atento! Pode ser um sinal de que você está precisando de água urgente!


5. Dores de cabeça

Nosso cérebro é protegido por um composto denominado líquido cefalorraquidiano ou líquor. Quando a desidratação reduz o volume do fluido, é causado um desconforto na pessoa, que acaba tendo enxaquecas ao longo do dia.


6. Redução do volume de urina e cistite

Como não há água o bastante para gerar a quantidade adequada de urina, as toxinas não são diluídas e a mucosa da bexiga é atacada. Sendo assim, o indivíduo acaba sofrendo de uma cistite, que nada mais é do que a inflamação no trato urinário.


A cor da urina pode identificar uma desidratação. Caso ela esteja com uma consistência concentrada e com cor amarelada ou alaranjada, provavelmente, você apresenta esse quadro.


7. Pele ressecada

A água é a maior responsável pela hidratação da nossa cútis. Sem o consumo ideal do líquido, ela é uma das primeiras a sentir os efeitos da seca. Por isso é tão recomendado o consumo dela para a beleza da pele.


Para tratar esse problema, é preciso saber as condições em que a pessoa se encontra. A desidratação leve exige reidratação com soro caseiro e líquidos — o soro precisa ser administrado em doses pequenas.


Já os quadros mais moderados devem ser tratados com reidratação por via endovenosa. Os casos mais severos exigem internação de forma urgente, já que existe risco para a vida do paciente.



Quando procurar ajuda médica?

É importante ir a um posto médico e procurar atendimento médico sempre que o indivíduo identificar um ou mais de um dos seguintes sintomas:


  • vômito constante por mais de um dia;

  • febre alta maior de 38 graus;

  • diarreia frequente por mais de um dia;

  • diminuição repentina da quantidade de urina;

  • urina amarelada, alaranjada ou marrom;

  • dores de cabeça e náuseas muito fortes;

  • problemas para respiração;

  • dores no peito etc.


Em quais situações é necessário buscar apoio médico imediatamente?


A desidratação pode levar a diversas complicações. Entre as consequências mais graves que necessitam de cuidados médicos de urgência estão:


  • lesão térmica causada pelo calor ou até pela insolação;

  • febre superior a 40 graus;

  • confusão, fraqueza e letargia;

  • inchaço no cérebro — edema cerebral;

  • convulsões — contrações musculares involuntárias e espasmos prolongados;

  • perda de consciência;

  • choque térmico — causado pela falta de volume de sangue recomendado;

  • queda da pressão arterial;

  • insuficiência renal — os rins não conseguem retirar o excesso de líquido e resíduos do organismo e sofrem um colapso;

  • coma e morte, se não for tratada.


Precisa de consulta de médico, otorrinolaringologista ou ortopedista pra hoje?

O Hospital Proncor tem o único Pronto Socorro com ortopedista e otorrino de plantão (para crianças e adultos nas duas especialidades).

🚨 Pronto Socorro Geral | R. Maracaju, 1.265 - Centro

👨‍⚕ Centro Médico Proncor | Rua Oceano Ártico, 133 - Chácara Cachoeira

🏥 Hospital Proncor | R. Raul Pires Barbosa, 1.800 - Chácara Cachoeira

👉📱 67 3042 3000

ACESSO RÁPIDO:

Pronto Socorro em Campo Grande

Pronto Socorro 24 horas

Único com clínico geral, ortopedista e otorrino de plantão.

Clique e saiba mais.

proncor.png

Você no centro do cuidado

Conheça os projetos e os diferenciais que fazem o Hospital Proncor único. Tudo pensado para a sua comodidade e segurança.

Clique e saiba mais.

consulta.png
Agendar consultas
A especialidade que você precisa, atende no Centro Médico Proncor. Mais de 20 especialidades em um único lugar. Agende agora.
Convênios Atendidos Proncor

HOSPITAL PRONCOR

Hospital em Campo Grande/MS

Internação | UTI | Cirurgias

R. Raul Pires Barbosa, 1.800,

Chácara Cachoeira.

CENTRO MÉDICO PRONCOR

Agende consultas médicas em

Campo Grande/MS

 

Rua Oceano Ártico, 133,

Chácara Cachoeira.

EXAMES DIAGNÓSTICOS

Agendamento de exames em

Campo Grande/MS.

67 9 9674 8092

SIGA O PRONCOR

  • Facebook Proncor
  • Instagram Proncor
  • Linkedin Proncor

CERTIFICAÇÕES E PROJETOS

Primeiro Hospital pet Friendly Proncor

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Diretora Técnica

Joanna Beatriz Curado Elias

CRM-MS 6300